debate sobre a corrupção: “Política de uma nota só”

Vladimir Safatle, colunista da Carta Capital, produziu este texto sobre esvaziamento da política frente à panaceia de “combate à corrupção”.

Há várias maneiras de despolitizar uma sociedade. A principal delas é impedir a circulação de informações e perspectivas distintas a respeito do modelo de funcionamento da vida social. Há, no entanto, uma forma mais insidiosa. Ela consiste em construir uma espécie de causa genérica capaz de responder por todos os males da sociedade. Qualquer problema que aparecer será sempre remetido à mesma causa, a ser repetida infinitamente como um mantra.

Isto é o que ocorre com o problema da corrupção no Brasil. Todos os males da vida nacional, da educação ao modelo de intervenção estatal, da saúde à escolha sobre a matriz energética, são creditados à corrupção. Dessa forma, não há mais debate político possível, pois o combate à corrupção é a senha para resolver tudo. Em consequência, a política brasileira ficou pobre.

Artigo completo (e bastante recomendável) em http://www.cartacapital.com.br/sociedade/politica-de-uma-nota-so/?autor=961

Abraços a todos!