enquanto isso, no Egito… nada de novo no front!

A confirmar-se a fraude eleitoral, trata-se de mais uma prova de que a "Primavera Árabe" nunca existiu no Egipto e aquilo a que se tem chamado de Revolução, afinal foi um Golpe d'Estado Militar, para não permitir que Gamal Mubarak sucedesse a seu pai.

A confirmar-se a fraude eleitoral, trata-se de mais uma prova de que a “Primavera Árabe” nunca existiu no Egipto e aquilo a que se tem chamado de Revolução, afinal foi um Golpe d’Estado Militar, para não permitir que Gamal Mubarak sucedesse a seu pai.

Leia a íntegra em http://expresso.sapo.pt/egipto-provavel-monumental-chapelada-eleitoral=f729025

Abraços a todos!