e na Irlanda do Norte… conflitos no horizonte!

Olá!

A crise em países europeus piora as condições econômicas e sociais agravando animosidades recentemente atenuadas. É o caso dos católicos da Irlanda do Norte que abdicaram (minimizaram?) das ações violentas desde o acordo de Belfast (1998). Agora as tensões estão se agravando…

Dissidentes separatistas anunciam criação de novo IRA na Irlanda do Norte

Leia o artigo completo no portal Opera Mundi.

Abraços a todos!

Falklands… Malvinas…

Olá!

Um argentino amante da literatura britânica; um inglês leitor de Cervantes. Apenas a sensibilidade de Borges para produzir um texto como este em meio ao conflito pelas ilhas:

Juan López e John Ward
Tocou-lhes por azar uma época estranha.
O planeta havia sido dividido em distintos países, cada um dotado de lealdades,
De queridas memórias, de um passado sem dúvida heróico, de direitos, de agravos,
de uma mitologia singular, de próceres de bronze, de aniversários, de demagogos e de símbolos.
Essa divisão, cara aos cartógrafos, propiciava guerras.
Lopes nascera na cidade junto ao rio imóvel; Ward, nos arredores da cidade por onde andou father Brown. Havia estudado castelhano para ler o Dom Quixote.
O outro professava a paixão por Conrad, revelada em uma aula da rua Viamonte.
Teriam sido amigos, mas só se viram uma vez, cara a cara, em umas ilhas por demais famosas, e cada um dos dois foi Caim, e cada um, Abel.
Foram enterrados juntos. A neve e a corrupção os conhecem.
O caso que lhes conto ocorreu num tempo que não podemos entender…

Abraços a todos!

 

e quanto à velha xenofobia?

Olá!

O artigo da Opera Mundi está intitulado com queda populacional, cidades dos EUA criam iniciativas para atrair imigrantes

De acordo com o jornal The Washington Post, a prefeita da cidade, a democrata Stephanie Rawlings-Blake, afirmou que espera um aumento populacional de dez mil famílias para os próximos dez anos, e cujo alvo principal é a comunidade latina.

Como primeiro passo, a prefeita conseguiu aprovar uma lei em março proibindo as autoridades policiais e as agências de segurança que façam qualquer pergunta a um imigrante sobre sua situação legal – em total oposição à lei anti-imigração de Alambama e Arizona. Ela também pediu expressamente às autoridades federais de imigração que, caso venham a realizar alguma prisão dentro dos limites da cidade, esclareçam que não são funcionários municipais.

Abraços a todos!

algo sobre… Malvinas/Falklands

Olá!

Seguem alguns arquivos que serão utilizados na aula de aprofundamento sobre Falklands/Malvinas.

Abraços a todos!

tendências antidemocráticas e teocráticas na “primavera árabe”

Olá!

Mais um bom artigo do confiável Safatle na revista Carta Capital.

“A chamada Primavera Árabe foi, para muitos, o início de um movimento de reafirmação da força de transformação do campo político. Ela teria sido também a prova de que as sociedades árabes não estavam imersas em alguma forma de arcaísmo teológico antimodernizador que se manifestaria através de tendências latentes de constituição de sociedades teocráticas. Como se eles estivessem fadados a viver entre regimes laicos ditatoriais e sociedades que usam a religião como motor cego de mobilização popular.

No entanto, a análise da situação atual do mundo árabe pode parecer desoladora. Por enquanto, quatro países tiveram mudanças de regime: Tunísia, Líbia, Egito e Iêmen. Um quinto está em via de ver a sua ditadura cair, a Síria. Outro que teve grandes manifestações por mudanças, o Bahrein, está cirurgicamente longe dos noticiários internacionais.”

Texto completo: A Primavera Árabe e a indignação seletiva

Abraços a todos!