crise europeia: mais uma rodada.

Olá!

crise europeia

Houve quem sugerisse que a crise estava encaminhada para a superação. Doce ilusão…

Custa muito, mas muito caro mesmo, o resgate de bancos falidos depois de farras de mirabolantes dispositivos financeiros de enriquecimento de alto risco.

Estados europeus, inclusive mais fracos, contribuíram direta ou indiretamente para o salvamento desse sistema financeiro. Mas o sistema financeiro – entidade descontrolada e auto-intitulada toda-poderosa – cobra destes governos o pagamento das dívidas geradas justamente para salvamento dos bancos.

Leia no Opera Mundi o artigo Crise da dívida no Chipre derruba bolsas e governo adia votação de pacote.

Na sequência, o documentário vencedor do Oscar que tratada Crise de 2008, suas causas e desdobramentos: Trabalho Interno.

Abraços a todos!