migrações internacionais

Olá!

Interessante artigo na Opera Mundi sobre as migrações de africanos através da localidades de Ceuta e Melila.

Ceuta-melilla(1)

Leia o artigo clicando no link ao lado: Morte de imigrantes evidencia falta de estrutura e fracasso da política migratória espanhola

A UNICAMP já trabalhou o tema em uma velha questão do vestibular de 1999. Veja a questão abaixo:

“A Europa está em vias de construir uma cerca no extremo sul de suas fronteiras. A cerca, cuja concepção é semelhante à da existente entre o México e os Estados Unidos, será constituída por duas fileiras de altas barreiras de arame, equipadas com câmeras de televisão e sensores ópticos, ladeando uma estrada destinada às patrulhas de fronteiras. Ela se estenderá por 8 quilômetros entre o enclave espanhol de Ceuta, no norte da costa africana e o vizinho Marrocos.” (O Estado de S. Paulo, 09/08/98)

ceuta e melila

a) Quais são os motivos para a construção desta barreira geográfica pelos europeus?
b) Considerando o mapa apresentado, por que os europeus estão erguendo essa barreira em Ceuta e não em Melila?

A UNICAMP respondia a questão assim:

a) – controle da entrada de imigrantes na Europa torna-se mais rígido após a vigência da União Européia, para contribuir na garantia de maior estabilidade econômica e controle das crises sociais internas para se chegar à unigficação dos mercados e da moeda.
– crise econômica mundial e aumento do desemprego na maioria dos países europeus – leva a uma postura mais intransigente com relação à imigração do chamado Terceiro Mundo e particularmente dos países africanos mais próximos.
b) Ceuta, no Estreito de Gibraltar – mais próxima da Espanha do que Melila.

Abraços a todos!