Gentrificação

Olá!

gentrificação

O processo de gentrificação pode ser caracterizado como uma forma de intervenção do poder público em áreas urbanas decadentes (frequentemente, áreas centrais) com vista ao aparelhamento da região com recursos diversos: infraestrutura viária, embelezamento paisagístico, segurança. Esse processo permite que o capital privado viabilize investimentos nessas velhas áreas degradadas: centros comerciais, condomínios residenciais, empresas prestadoras de servições, valorização do solo urbano.

Claro que esse processo não se desenrola sem custos sociais. Há uma alteração no padrão de renda dos moradores da região evidenciando uma expulsão implícita mas eficiente das populações de baixa renda das áreas em processo de gentrificação. Há entretanto, populações que são expulsas “fisicamente” pela ação policial. São os moradores de rua, prostitutas, prédios sob ocupação social.

Trata-se, portanto, de um processo que atende necessidades do capital acentuando as contradições sociais. Trata-se de um processo recorrente em grandes cidades em escala mundial desde os anos 1970-80 que é mantido até hoje.

Para aprofundar sobre o processo de gentrificação, seguem alguns textos:

TEXTO 1: Uma apresentação do processo de gentrificação em um recorte de artigo produzido pelo professor-doutor Eduardo A. C. Nobre sob o título “Intervenções urbanas em Salvador: turismo e “gentrificação” no processo de renovação urbana do Pelourinho“. Intervenções urbanas

TEXTO 2: Com objetivo de manutenção da honestidade intelectual, segue o artigo do professor-doutor Eduardo A. C. Nobre, porém, na íntegra. Intervenções urbanas em Salvador

TEXTO 3: O artigo “Intervenção do Estado e (re)estruturação urbana. Um estudo sobre gentrificação“, do professor doutor Carlos Ribeiro Furtado é bastante explicativo do processo de gentrificação em uma perspectiva genealógica (“histórica”) evidenciando suas raízes e seus desdobramentos em escala mundial e no território nacional (caso “Dona Teodora” em Porto Alegre). Intervenção do Estado e reestruturação urbana

 

Como um aspecto fundamental para os vestibulandos é o tratamento do tema como questão de exames vestibulares, segue uma lista de questões sobre o tema: QUESTÕES SOBRE GENTRIFICAÇÃO

Abraços a todos e boa sorte!